Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


18/02/2019 - Segunda-Feira
ENSAIOS
 


A F1 2019 começou a se mostrar na quinta-feira 07/01. A equipe Haas revelou sua nova roupa para a temporada 20119, via redes sociais. A nova roupa é por consequência do novo patrocinador máster da escuderia.

Saudades. A roupagem 2019 da Haas nos remete aos bons tempos das icônicas Lotus 72 de Emerson Fittipaldi (JPS) e ainda há de Senna nas duas temporadas iniciais na lendária equipe LOTUS. O preto e dourado que marcou época voltou.

Bonitão. O carro norte americano ficou lindo. Se comparado com o das temporadas anteriores. Na verdade esse layout é melhor de todos os tempos, sem querer desmerecer o vermelhão dos italianos. O visual negro foi o que sucedeu a pintura vermelho e dourado. O nostálgico GOLD LIFE Teem Lotus. Em 1968 a Lotus foi o primeiro carro da F1 a trocar sua cor tradicional (verde escuro) pela cor de um patrocinador.



Concorrência. A nova patrocinadora da Haas é a Rich Energy, concorrente da Red Bull no mundo dos energéticos. e na cabeça do CEU da companhia com esse apoio a Haas tem condições de bater a Red Bull nas pistas. Porem usando de sinceridade disse que no consumo de energéticos isso pode demandar um tempo maior. (Pensando bem nas pistas tambem.)

Entranhas da F1. A Rich Energy surgiu na F1 meio que do nada. A empresa era a maior interessada na compra da finada Force India. Porem estranhamente quando a equipe indina já tinha em sua administração um Juiz, o mesmo ignorou as propostas de compra da Rich. E vendeu a equipe para turminha do pai de Stroll. Esse juiz alegou que a empresa não suporte financeiro e nem credibilidade para efetuar a compra da equipe.

Entranhas II. Depois da ação do Gilmar Mendes inglês a Rich Energy assinou um contrato de patrocínio com a Haas para 2019. Gunther Steiner (chefe da Haas), recentemente anunciou que a Rich Energy havia pago o patrocínio da equipe para 2019.

O outro lado. O CEO da Rich Energy, William Storey, em entrevista a um site disse que as críticas de credibilidade da empresa e comentários sobre as raras aparições de seus produtos, declarou que quer competir diretamente contra a Red Bull, que é a bebida energética mais vendida no mundo, E disse que uma explicação justa para o baixo perfil da Rich Energy é porque até agora tem sido um produto seleto e exclusivo. E não disponível no mercado comum.

Problemas vermelhos. A Ferrari e sua tradicional parceira Phillip Morris já enfrentam problemas antes da largada. Autoridades australianas abriram uma investigação sobre o logotipo da tabagista Mission Winnow (que anuncia um produto que não existe) e faz referência a famosa logomarca da Marlboro.

Vitrine. As empresas tabagistas usavam a F1 e a Moto GP como vitrine para divulgar seus produtos. Porem de 2007 para cá ,novas leis surgiram contra as propagandas de cigarros e levaram à remoção gradual das marcas de cigarros na F1. Porem a Ferrari só abandonou o logotipo Marlboro em 2011. Quando foi obrigada.

Amor antigo. Na verdade Ferrari e Philip Morris se nunca separam. Isso graças a um trabalho inteligente de design dos logotipos e pintura, fazendo com que os fãs continuassem a associar visivelmente as marcas Ferrari e Marlboro

Agora a Philip Morris defende seu conceito Mission Winnow como uma nova era para a empresa, na qual deseja desenvolver e comercializar “alternativas livres de fumaça” aos tradicionais cigarros.

Calendário de lançamento dos carros de 2019

11/02 – Toro Rosso 11/02 – Williams 12/02 – Renault 13/02 – Mercedes 13/02 – Red Bull 13/02 – Racing Point 14/02 – McLaren 15/02 – Ferrari 18/02 – Alfa Romeo 18/02 – Haas.

Ótimo final de semana.


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
ENSAIOS
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
Mudanças no mundo rosso
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#21- GP de Abu Dhabi-Ultimo ato
Veja todas as colunas deste colunista.