Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
SEÇÃO: Camp. Estaduais
Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (Terceirona)
25/05/2018 - 22:42 hs
 

Definido forma de disputa da terceirona 2018

Foi realizado, nesta sexta-feira (25), na sede da Federação Mineira de Futebol, o Conselho Técnico para o Campeonato Mineiro 2018 – Segunda Divisão. Representantes de 13 clubes do estado compareceram à reunião que definiu as diretrizes para a competição desta temporada. A bola rola a partir de 5 de agosto e a definição do grande campeão será no dia 28 de outubro.

Participaram da assembleia Araxá, Athletic, Bétis, Boston, Coimbra, Minas Boca, Montes Claros, Passos, Ponte Nova, Pouso Alegre, Patrocinense, União Luziense e Valeriodoce. Além do ACTC, anteriormente excluído do conselho técnico, Nacional de Uberaba e Figueirense, de São João del-Rei, não compareceram ao arbitral.  

Em virtude do novo formato de disputa estabelecido no conselho técnico da temporada passada, e a necessidade de mantê-lo por pelo menos dois anos de acordo com o Estatuto do Torcedor, a FMF, visando atender às demandas e necessidades dos seus filiados, consultou a CBF sobre a possibilidade de uma nova mudança para a realização do torneio deste ano. Diante da solicitação, a entidade máxima do futebol brasileiro concedeu aval para uma possível alteração caso os participantes julgassem pertinente. Sendo assim, os clubes foram liberados para deliberar sobre um novo sistema para o campeonato.

Após votação, ficou definido que a Segunda Divisão de 2018 será disputada da seguinte forma em três etapas: primeira fase, semifinais e final. Na primeira fase, as 13 equipes jogarão em turno único, sendo seis jogos como mandante e seis jogos como visitante, classificando-se para as semifinais as quatro melhores equipes. A partir daí é mata-mata!  

Em duelos de ida e volta, o primeiro colocado enfrentará o quarto lugar e o segundo jogará contra o terceiro. Os vencedores das semifinais avançam para a grande decisão. Os clubes de melhor campanha terão a vantagem de jogar a segunda partida em seus domínios. Para definir os vencedores na fase eliminatória, será considerada a soma dos resultados dos jogos. O gol marcado fora de casa não será critério de desempate. Permanecendo a igualdade no placar, a decisão do confronto será através das penalidades máximas.

Assim como nas últimas edições, a competição será disputada na categoria Sub-23, podendo cada clube inscrever no máximo cinco atletas com idade acima da idade limite. Cada agremiação poderá registrar até 30 atletas. O jogador que atuar por uma equipe não poderá jogar por outra durante a competição.

O presidente da FMF, Castellar Neto, falou sobre a conquista da entidade junto à CBF que possibilitou a mudança da fórmula de disputa para o campeonato deste ano.

- É um ponto importante. Todos nós sabemos que o Estatuto do Torcedor preceitua um mínimo de dois anos para cada uma das fórmulas de disputa, mas a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro é uma divisão de acesso, então há uma possibilidade de uma grande variação, sobretudo no número de equipes disputantes. Essa lógica faz com que nós tenhamos a possibilidade de adaptar o cenário atual à vontade maior dos clubes, sem qualquer tipo de prejuízo ao torcedor e mantendo a regra básica de apenas duas equipes ascenderem ao Módulo II.  

Castellar ainda pontuou a importância do feito para que o futebol do interior fortaleça e se estruture.

- É uma interpretação que é dada à legislação (Estatuto do Torcedor) para que ela se adapte a uma situação pontual, não só de Minas Gerais, mas acredito que para qualquer outra divisão de acesso. É importante que nós tenhamos essa flexibilidade para que o nosso futebol do interior, sobretudo, consiga superar uma das grandes dificuldades que é, justamente, a questão financeira.

Foto: FMF

 
 
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
Segunda semana de ensaios
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
ENSAIOS
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
Mudanças no mundo rosso
Veja todas as colunas deste colunista.