Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


02/06/2017 - Sexta-Feira
#6- GP de Mônaco - hoje sim, de novo
 


Que domingo foi esse! Vimos o GP de Mônaco o mais badalado do calendário da F1. As 500 Milhas de Indianapolis a prova de maior relevância do calendário da Inddy e de quebra ainda tivemos uma etapa da Nascar e o primeiro GP da Super Bike sem Hayden.

   Invasão vermelha. Nas ruas do principado vimos o domínio da equipe vermelha. E que domínio: mandaram em tudo, treinos, classificação e na prova. Só não liderou o primeiro treino na quinta feira. A pole desta feita foi de Kimi Raikkönen. Vettel na entrevista depois da classificação estava bicudo. O alemãozinho não sabe perder. Seria legal um dia ver ele e Alonso na mesma equipe.

    Tradição. Porem na corrida a equipe vermelha manteve a tradição. Privilegiou o piloto com maior número de pontos e deu um jeitinho de arremessá-lo para ponta, ao mandar Kimi para os boxes antes da hora. O alemão mandou ver no pé direito e Kimi dançou.

     Memorias. A Ferrari não fazia uma dobradinha nas ruas de Mônaco desde 2001. E como equipe sua última dobradinha data de 2010. Pelo visto 2017 vai se tronar marcante para a Ferrari. E para nos torcedores também, afinal apareceu alguém para encarar a Mercedes.

    Contraste. Na comemoração do pódio vimos Kimi com um semblante carregado. Normalmente ele nunca ri. Mas sua expressão era de total irritação. Já o alemão era só sorriso, bem diferente do sábado. Uma situação boa e emocionante quando os vermelhos ganham é ver e ouvir todos integrantes da equipe cantado o hino italiano.

    Outro. Na equipe do touro vermelho aconteceu algo parecido. Verstappen quarto desde o início prosseguia Bottas de perto. Quando Verstappen parou a Mercedes temendo o avanço do irlandês parou na seqüência e Ricciardo ficou na pista e também andou tudo que podia e ultrapassou os dois depois de sua parada obrigatória. E subiu no último degrau do pódio.

    Metamorfose. A equipe Mercedes viveu seu dia de Williams. Seus dois carros não foram bem na sinuosa e estreita pista de Monte Carlo. No caso do Lewis o dano foi ainda maior. Seu carro não tinha equilíbrio na classificação e quando realizava uma volta boa no finalzinho do Q2 aconteceu uma bandeira vermelha.  Sobrou com a décima terceira posição.

   Brilhando. O espanhol Sainz Jr realizou um ótimo trabalho em Mônaco. Conseguiu um ótimo quito posto na classificação e no domingo chegou na sexta posição. Já seu companheiro de equipe esteve ótimo na quinta feira. Foi atrapalhado na classificação e na corrida abandonou há sete voltas do final,

  Normal. Na equipe Williams todo final de semana em Mônaco é um transtorno. Massa foi outro que se deu mal com a bandeira vermelha provocada por Vandoorne no final do Q2. Largou no décimo quarto não ultrapassou ninguém e foi herdando posições devido aos abandonos de quem estava a sua frente e assim terminou no nono lugar.  

  Reconhecimento. Do outro lado do atlântico Alonso viveu uma ótima experiência em Indianapolis até que na volta 179, o espanhol vinha bem e chegou até liderar algumas voltas, o sonho acabou.  Sofreu do mesmo mal que sempre atomenta na F1, seu motor Honda não resistiu até o final. Foi legal ver o público americano aplaudir o piloto hispânico.  

 Inédito. Mas bom mesmo foi ver o japonês Takuma Sato vencer as 500 milhas. E com um dos poucos motores Honda que resistiu até o final. Castro Neves bem que tentou impedir a vitória de Sato porem faltava velocidade nas retas. E ficou com segundo posto.

* Gostaria de ver como Alonso se comportaria no meio das feras nas voltas finais. Pois os pilotos mais experientes se transformam quando faltam dez há cinco voltas, se transformam em kamikazes. E o kamikaze da vez foi o mais original deles. Perguntado depois da vitória qual foi a tática usada por ele a resposta foi: “Foi acelerar tudo sempre”. Ele mereceu!!

Uma ótima semana


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
Uma temporada atípica
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#19 – GP do Brasil
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#18- GP do México - Um dia especial
Veja todas as colunas deste colunista.