Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


28/11/2019 - Quinta-Feira
NOS FINALMENTES
 


A temporada parte para sua ultima etapa. Quem não é do ramo pode até pensar que: com o campeonato decidido, teremos uma corridinha sem graça. Porem piloto é um ser egoísta, eles querem ganhar sempre! Seja na ultima etapa do ano ou até numa corridinha de kart em comemoração ao final de ano. Esse ser denominado piloto é um ser hiper competitivo e não gosta de perder nada, nem um campeonato de cuspe.

Mundo a parte. Porem a F1 é um mundinho a parte. Quando os vinte pilotos do grid alinham para largada três ou quatro deles sabem que tem chances de vitória. Na verdade são seis. E desses seis quase sempre das equipes com maior poder econômico, apenas um tem o privilegia de ganhar. Na teoria a té a metade do campeonato a disputa é livre. Depois quem for líder tem os privilégios. E sempre o relógio corre a favor do privilegiado.

Mas... Com o campeonato decidido, a disputa desta etapa tem alguns detalhes há mais. As duas equipes de maior pontuação na tabela estão querendo se desfazer do passaram no GP Brasil, onde os alemães foram mal e e os italianos deram uma vexame.

Voltando a carga. A Mercedes quer se refazer dos péssimos momentos que passou em interlagos. E o mala do Toto Wolf que não estava presente no Brasil vai querer fazer de tudo para demostrar que sem ele a equipe desanda. E para complicar mais um pouco: Lewis se sentiu chamuscado e assim vai dar tudo de si.

Mundo rosso. Na equipe vermelha a situação é pior. os carros nunca se mostram competitivos em condição de corrida em São Paulo e seus pilotos não estavam em sintonia o que resultou num duplo abandono.

Missão impossível. Binoto tem uma missão quase impossível em suas mãos, a de como estabelecer a ordem numa equipe que tem um hepta campeão meia boca desde o GP da Alemanha do ano passado e um jovem super talentoso. Essa situação me lembra algumas coisas do passado. E quando isso não tem controle a equipe é a maior prejudicada.

Abu Dhabi deveria ter a cara dos Ferrari, são duas retas longas onde ninguém pode com eles o detalhe é não ser muito lento no terceiro setor. O lado ruim é ver que a Red Bull deve eficiente em quase todos os setores. Os alemães ganharam as ultimas etapas de ABU Dhabi com o modo festa, ( consiguindo a pole). Só que agora os italianos são melhores neste quesito.

Bombas. No meio da semana duas noticias surpreenderam o mundo da velocidade. Uma boa e outra ruim. A boa é o sim dos japoses da Honda para a Red Bull sobre sua continuação como fornecedora de unidades de força para eles e também para a Toro Rosso e a ruim foi a bomba machucante para quem ainda ouvia as corridas pela Globo foi a de que Reginaldo Leme não estará presente nas transmissões futuras. Há tempos a globo vinha judiando do comentarista. Deixando de escalar em algumas ocasiões.

A verdade ainda não veio a tona. Tudo indica que o principal motivo é financeiro. E quem perde nisso tudo são os espectadores, pois Leme é muito bom no que faz. É um caso raro onde a pessoa trabalha naquilo que gosta.

Perdas. O time do grupo Globo vem sendo desfalcado de pessoas boas e conhecedoras do esporte a motor. Primeiro perderam o Lito Cavalcante e agora o Regi como é carinhosamente chamado pelos amigos e admiradores. Sobraram agora os ex-pilotos como comentaristas. Profissionais do ramo nada.

Programação do GP de Abu Dhabi

· 3º Treino - Sábado – 07:00 – SPORTV2

· Classificação –Sábado- 10:00 – SPORTV2

· Corrida – Domingo- 10:10 – GLOBO

· VT da Corrida –Domingo - 14:00 – SPORTV2

Ótimo final de semana.


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
Dakar – Terceira fase
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
Profetizando
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#21- Yas Marine – A despedida de 201
Veja todas as colunas deste colunista.