Buscar notícia:
Principal   Seções   Campeonatos   CBJD   Colunas   Clubes   Vídeos   Institucional   Programação   Cadastre-se   Contato
 
COLUNA: BALEIA
Baleia


01/06/2018 - Sexta-Feira
Monótonas
 


Duas das mais famosas corridas do esporte auto motor foram realizadas no domingo passado. O tradicional GP de Mônaco e as 500 milhas de Indianapolis. E para nossa insatisfação as duas foram bem monótonas.

Normal. As etapas do tradicional circuito de rua de Monte Carlo há tempos são corridas bem chatinhas. O que as vezes salva é uma bela de chuva ou ainda acidentes com entrada do Safetty Car, que algumas vezes altera toda logica da corrida.

Glamour. Se as disputas são muitas vezes chatas o que acontece de fora da pista no principado faz etapa ser única e a de maior interesse de todos. Publico, convidados, donos de equipes e patrocinadores.

Trabalhoso. Se para muitos essa etapa foi devagar, para um piloto deve ter sido a corrida de maior dificuldade de sua vida. O vencedor Daniel Ricciardo dominou todos os treinos e a classificação e também foi eficiente na largada. Já Kimi perdeu uma posição na largada.

Minimizando. Ricciardo comandava a corrida como queria monitorando a distancia para Vettel. Até que na volta 18 começaram seus problemas. A MGU K ( unidade de potencia que gera a a energia cinética ) deixou de funcionar, situação que gera uma perda de aproximadamente de 160HPs.

Com essa perda de potencia ele passou a pilotar na defensiva. Porem a falha da unidade de potencia trouxe também o aumento de temperatura dos freios traseiros. Ai Daniel além de ter de monitorar Vettel: Teve que mudar e achar balanço ideal dos freios para diminuir a temperatura nos traseiros.

Salada de problemas. Fora esse problema dos freios a perca da MHU K fez com que as temperaturas de combustível e pneus começam a subir. Porem com calma e habilidade raras Ricciardo conseguir controlar tudo de dentro do caro. Para completar a lista de problemas de Daniel o cambio também falhou e ao final da etapa duas marchas não funcionavam. No inicio dos defeitos, no radio ele pedia ajuda aos boxes, para a equipe via telemetria tentar ajuda-lo . Ricciardo chegou a falar em abandonar porem Horner insistiu para se manter na pista. E assim foi feito. Porem não era harner quem pilotava e de fora é facil mandar.

Reconhecimento. Ricciardo foi muito elogiado pela sua equipe depois da vitória. Horner o chefe de equipe não poupou elegios ao australiano. Ate o sisudo do Helmut Marko se rendeu a habilidade de Ricciardo.

Na trave. Seria uma grande injustiça Daniel não vencer essa corrida depois de perder a vitória em 2016 por um erro da equipe numa troca de pneus. Pneus estes que não estavam nos boxes na hora da troca.

O esporte nos prega certas peças, não ganhou quando tinha um carro perfeito em 2016 e agora ganhou montado num Touro manco.

Inverso. No Box do lado de Ricciardo o clima era outro. Max Verstappen jogou fora sua corrida ao bater no terceiro treino e não participar da classificação. Mesmo largando na ultima fila ele ainda consegui chegar em nono. O que convenhamos, por ser em Mônaco foi muito bom. Até o protetor de Max (Helmut Marko) esta chateado com ele. Mas como já disse antes a F1 de hoje seria muito ruim sem Verstappen na pista.

Sem brilho. O líder Hamilton fez uma corrida apagada. Lewis queria parar para trocar seus pneus pois os dianteiros estavam ruins. E na insistência a equipe mandou, fica ai, pois todos os ponteiros estão nas mesmas condições que você e estão na pista. A assim foi conquistado o ultimo lugar do pódio. Vettel foi segundo sem nunca ameaçar o Touro manco.

Destaques. Sergei Sirotkin habitue da ultima fila, foi quem mais surpreendeu nesta etapa foi bem em todos os treinos e chegou a ser sexto no Q 1.Infelizmente não chegou no Q 3. Outro que fez bonito nos treinos foi Brendon Hartley mas quando chegou na classificação algo deu errado.

Um ótimo final de semana


 
 
   
 

Colunas
 
 
Coluna do BALEIA
 
Por dentro do circuito das Américas
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
#17 – GP DO JAPÃO – Com a mão no caneco
Veja todas as colunas deste colunista.
 
 
Coluna do BALEIA
 
Redenção
Veja todas as colunas deste colunista.